NOTÍCIA

Solidariedade

A OAB Niterói, na pessoa do seu presidente Claudio Vianna e sua diretoria, se solidariza com os familiares dos policiais militares, que foram covardemente assassinados na madrugada desta quinta-feira, dia 17, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, e com toda a Corporação da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro“Lamentamos o ocorrido e nos solidarizamos com os familiares dos Policiais Militares diante deste bárbaro episódio, que viola todos os bons princípios, mas, principalmente, os Direitos Humanos", declara o presidente Claudio Vianna.


O assassinato


Dois policiais militares foram mortos na madrugada desta quinta-feira, dia 17, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Eles estavam dentro do carro da PM, na Estrada D, perto da Via Dutra, no bairro da Posse, quando foram baleados.


Os dois policiais, identificados como sendo o soldado Sérgio Magalhães Belchior e o cabo Helder Augusto Gonçalves Silveira, foram levados para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse, mas já chegaram mortos na unidade.


As vítimas foram feridas com vários tiros. Os PM eram lotados no 24º BPM (Queimados), mas estavam trabalhando em apoio ao 20º BPM (Mesquita). Segundo informações, eles tiveram as armas roubadas.


A Polícia Civil fez uma perícia no local e está ajudando a Polícia Militar na busca aos criminosos. Agentes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) estão em diligência, recolhendo imagens de câmeras de segurança da região e ouvindo testemunhas.


Em um vídeo, o coronel Rogério Figueiredo, secretário de Polícia Militar, afirmou que todos os esforços serão empreendidos para prender os autores do crime.


"Dou o recado a esses marginais: se entreguem e venham com as armas roubadas. Nós iremos prendê-los. Toda a Polícia Militar estará empenhada atrás de vocês", disse Figueiredo.


Segundo o Instituto Fogo Cruzado, em 2021, 89 agentes de segurança foram baleados na Região Metropolitana do Rio, destes 35 morreram. Do total de agentes de segurança baleados, 71 eram policiais militares, dos quais 25 morreram.


#advogado #advocacia #oabrj #oabniteroi # esaniteroi #cfoab #caarj


Fonte: Portal G1