NOTÍCIA

OAB Niterói promove workshop de mediação de conflitos

A OAB Niterói, presidida por Pedro Gomes, através da Comissão de Sistemas de Gestão de Conflitos, realizou, no último dia 24 de outubro, um workshop para demonstrar como funciona a mediação de conflitos na prática.

Com abertura de Pedro Gomes, a simulação aconteceu no Espaço Cultural da entidade, reunindo advogadas, advogados e estudantes de Direito. No início houve uma explanação de Sebastião Moreira de Carvalho Filho, presidente da Comissão, sobre o procedimento da mediação de conflitos. 

“É com satisfação que faço a abertura deste importante evento. A mediação para a advocacia extrajudicial é uma vertente muito forte dentro do sistema jurídico brasileiro. Estar hoje presidindo a 16ª Subseção e nomeando o Sebastião Carvalho para estar à frente da Comissão de Sistemas de Gestão de Conflitos é um grande prazer. Espero que este evento seja o primeiro de muitos e que possa se multiplicar não somete na OAB Niterói como nas demais Subseções. Além disso, tornar esta realidade em nosso município, que ainda é muito tímida. Dou os parabéns a toda a Comissão pela iniciativa e desejo sucesso nesta caminhada”, declarou Pedro Gomes, fazendo questão de participar como ouvinte.

Após apresentar todos os delegados e colaboradores da Comissão, Sebastião Carvalho convidou os presentes a assistirem a uma simulação de mediação de conflitos.

Atuaram como mediadores: Sebastião Moreira, Isabel Ferreira Adão e Ana Paula Aguiar, que interpretou uma esposa, tendo como advogada Monique Lomelino, e como marido Robert Segal, cujo advogado foi Anderson Freire.

A simulação mostrou como ocorre a mediação de conflitos no caso da separação de um casal, citando a guarda dos filhos, a pensão e a relação familiar.

“Essa apresentação teve o objetivo de oferecer uma ferramenta para a aprendizagem sobre mediação, com enfoque nas etapas do processo autocompositivo. Isso não deve ser utilizado para a análise do conteúdo pelos mediandos e procuradores. O caso é fictício e não houve preocupação com as questões técnicas específicas do tema, que poderiam ser abordadas no caso real”, explicou o advogado Sebastião Moreira de Carvalho, acrescentando:

“Procuramos também aguçar a curiosidade e provocar o interesse na busca de aprofundamento teórico sobre a mediação, por meio de cursos como uma capacitação em mediação tanto extrajudicial como judicial, desenvolvendo habilidades através da prática supervisionada.”

Ele antecipou que, para 2023, espera oferecer breves cursos de formação, como também cursos de extensão e pós-graduação, junto à Escola Superior de Advocacia (ESA) Niterói.

Além de Sebastião Moreira, Monique Lomelino de Souza Xavier e Isabel Ferreira Adão, integram a Comissão de Sistemas de Gestão de Conflitos os seguintes delegados: Clara Maia Domingues, Robert Lee Segal, Luisa Vianna Assumpção e Lorraine Queiroz Nogueira. E além dos colaboradores de Anderson de Azevedo Freire, Ana Paula de Souza Aguiar e Naura dos Santos Americano. Todos participaram ativamente, respondendo perguntas e explicando como funciona a mediação de conflitos.

Após a representação, a Comissão abriu para perguntas, com seus integrantes sendo muito aplaudidos pelos presentes, entre eles: a conselheira e procuradora da OAB Niterói, Matilde Slaibi Carone, e Luiz Henrique de Oliveira Júnior, presidente da Comissão da Verdade da Escravidão Negra no Brasil.

Fotos: @ulissesfranceschiphoto

#advogado #advocacia #oabrj#oabniteroi #esaniteroi #cfoab #caarj