NOTÍCIA

A advocacia fluminense se despediu do grande líder, Antonio José Barbosa da Silva, ex-presidente da OAB Niterói

Os presidentes da OAB Niterói, Pedro Gomes, e da Seccional Rj, Luciano Bandeira, estavam entre os inúmeros integrantes da advocacia fluminense que fizeram questão de dar o último adeus a Antonio José Barbosa da Silva, que foi presidente da 16ª Subseção (Niterói) por quatro gestões consecutivas (2007 a 2018). Uma pessoa muito querida, admirada e respeitada pelo mundo jurídico e pelas autoridades públicas.

“Toninho”, como era carinhosamente chamado pelos amigos, morreu na noite de 29 de junho, um dia após completar 84 anos. O sepultamento ocorreu nesta quinta-feira, dia 30, no Cemitério Parque da Colina, em Pendotiba.

Juízes, desembargadores, advogadas e advogados, colegas e amigos juntaram-se à sua esposa, juíza do Trabalho aposentada Maria Bernadete Miranda Barbosa da Silva, às três filhas, um filho, nove netos e um bisneto para a despedida.

“Esse é um momento muito difícil, de muita tristeza. Hoje a OAB de Niterói e os advogados do Estado do Rio perderam uma grande liderança. Antonio José, o nosso ‘Toninho’, deixou um legado muito grande. O maior deles foi a lealdade e a determinação. Eu poderia falar muito sobre ele, principalmente sobre o que ele construiu na OAB Niterói, dentro do sistema Ordem”, destacou Pedro Gomes, presidente da OAB Niterói, acrescentando:

“Mas o que eu mais admirava nele era a capacidade de liderança. Isso para mim é um legado. É a importância do que ele foi: um grande homem, grande líder, uma pessoa honrada, que era determinado no sentido de buscar seus ideais. Fazia acontecer, de forma ética e moral. É isso que prezo e o que quero fazer na minha gestão como presidente da 16ª Subseção. Ele sempre será meu grande líder.”

A viúva falou sobre sua grande perda e a personalidade marcante do marido:

“Nós estamos casados há 50 anos, fizemos Bodas de Ouro em janeiro, tivemos quatro filhos e ele foi um pai maravilhoso. Nossa família é muito unida. Ele sempre deu muito carinho e foi muito amado por todos. Mesmo doente, se envolvia com os fatos ligados à advocacia. Tenho certeza de que Toninho fez pelos advogados tudo que estava ao seu alcance. Cumpriu sua missão aqui na Terra. Agora, que descanse em paz. Essa última semana foi muito sofrida, pois a doença dele se agravou. Morreu junto da família que ele tanto amava. Agora está com Deus. Tenho fé e ele também tinha. Chegou a hora dele. Ficamos muito tristes, mas temos que nos conformar e aceitar."

Maria Bernadette lembrou ainda que a família é composta por uma advogada trabalhista, uma professora, uma funcionária do TRF, e o filho, gerente de projetos de uma empresa de telefonia, além dos nove netos e um bisneto.

Luciano Bandeira, presidente da Seccional RJ, também exaltou a personalidade e o trabalho desenvolvido pelo o colega Antonio José Barbosa da Silva em prol da advocacia:

“Hoje é um dia de muita tristeza, com a perda do nosso Toninho. Trata-se de uma perda da advocacia por tudo que ele representava. Digo sempre que, além do carisma, a força de união que ele produzia, tinha o talento do jornalista. Sua vida era dedicada à defesa da democracia e da cidadania. Com isso, produzia uma legião de admiradores e amigos. Antonio José deixa apenas amigos neste plano terrestre.”

Wadih Damous, que presidiu a Seccional RJ durante as duas primeiras gestões de Antonio José na OAB Niterói, destacou:

“Toninho foi um grande presidente da OAB. Fui presidente da Seccional e reconheço que ele ajudou muito a minha gestão (2007 a 2012). Isso me estimulava a ajudá-lo na sua gestão. À frente da OAB/RJ, divergíamos muito, na busca dele para equipar a OAB Niterói. Mas ele era muito determinado, de bastidores e da conciliação. Era muito inteligente em seus argumentos, assim como eu gostava que ele fosse. Ficamos muito amigos, durante e depois de nossas gestões”, lembrou, continuando:

“Ultimamente, a vida quis que nos víssemos pouco, mas nos correspondíamos pelo WhatsApp. Enfim: é o ciclo da vida e a morte faz parte deste ciclo. Ele viveu uma bela vida, produtiva, de servir ao próximo, tem uma bela família e agora está em paz."

A Seccional RJ também esteve representada no sepultamento de Antonio José por: Ana Tereza Basílio, vice-presidente; Mônica Alexandre Santos, secretária adjunta e presidente da Associação Carioca dos Advogados Trabalhistas (Acat); Fábio Nogueira, procurador geral, e Frederico França, tesoureiro da Caarj. Presentes ainda: Wilson Ribeiro, presidente da OAB Mangaratiba; Carlos André Pedrazzi, assessor especial da presidência da Seccional RJ; Márcio Aleluia, assessor da vice-presidência, além de Vania Bruno e Ivan dos Santos Gonçalves, vice-presidente e diretor- tesoureiro da atual gestão da OAB Niterói, respectivamente, diretores, presidentes e integrantes de Comissões da entidade, os ex-presidentes da 16ª Subseção Ronald Eucário Villela e Reynaldo Beyruth, e inúmeros representantes das últimas diretorias da OAB Niterói. 

Também presentes: os desembargadores Raldênio Costa e Jorge Orlando Ramos, Isabela Belinha, diretora do Movimento Independente de Advogados Trabalhistas (MAT); Rita Cortez, ex-presidente do IAB; Alessandra Barroso, tesoureira da OAB São Gonçalo.

O presidente da OAB Niterói, Pedro Gomes, e sua diretoria, em nome da advocacia niteroiense, externam suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos do conceituado e querido advogado.

#advogado #advocacia #oabrj #oabniteroi #esaniteroi #cfoab #caarj